sexta-feira, 7 de março de 2014

Alguém por perto apesar do vento, do tempo, e dos sentimentos...


Como é bom encontrar alguém que não passa despercebido em nossas vidas. Tantas pessoas entram em nossas vidas, convivem conosco, mas depois de um tempo somem. E aquela sensação de que tudo o que ocorreu ficou guardadinho lá no fundo ou como se o vento levasse toda aquela intimidade, assumisse o tempo presente.
Mas então num momento inesperado, eis que uma pessoa aparece. E aparece devagarzinho, silenciosa... e quando caímos em si, já é residente de nosso coração. Mesmo um pouco distantes, digo distante quanto ao convívio, ao desabafo de uma ou ambas as partes, quanto a conversas bobas do dia-a-dia, nos preocupamos um com o outro. Queremos ajudar. 
Mesmo que uma delas seja quietinha, tímida, sensível... e a outra seja calculista, egocêntrica e imprevisível... é tão agradável olhar nos olhos e sentir o quanto é bom estar perto! É como se as almas se encontrassem.
Nos comportamos civilizadamente, cautelosamente. Mas às vezes a formalidade cai e a juventude toma conta das ações, as risadas se confundem e nos transformamos em velhos amigos. 
Desejo a mim e a todos que esta sensação nunca acabe. Que o vento não a leve para longe, e que essa troca de sentimentos não passe a ocorrer em vão. É tão bom termos alguém por perto!

Autora: Beatriz Braga Pereira

2 comentários:

  1. É tão bom essa sensação *----* Amei o texto, Bia!
    Beijos

    Blog Devolva Meu Clichê!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Carol! É uma sensação muito boa mesmo :)
      Bjs!!

      Excluir

 
Images by Freepik